Publicações Gerais por MB Advogados

Advogados que marcaram história: Clóvis Beviláqua

Clóvis Beviláqua foi um jurista, legislador, filósofo e historiador brasileiro, com grande contribuição do Direito no nosso país.
Cearense, de Viçosa do Ceará, nasceu em 4 de outubro de 1859  e faleceu em 26 de julho de 1944 no  Rio de Janeiro.
Estudou na Faculdade de Direito do Recife (1878-1882) e  atuou como promotor público, membro da Assembleia Constituinte do Ceará, secretário de Estado, consultor jurídico do Ministério do Exterior. Foi um dos fundadores da Academia Brasileira de Letras e membro do Instituto Histórico e Geográfico.

Sua maior contribuição para o Direito foi o de ser o autor do projeto do Código Civil brasileiro em 1901, quando era Ministro da Justiça, código que só foi promulgado mais tarde, em 1916, e vigorou até o advento da Lei 10.406, de 10 de janeiro de 2002, que entrou em vigor em 11 de janeiro de 2003.
Miguel Reale, autor principal do projeto do novo Código Civil, fez questão de assinalar os méritos das contribuições do jurista cearense:

“Clovis Bevilaqua, o artífice incomparável de nosso Código Civil. (…) O dom de síntese, que se estadeia em todas as suas obras, desde as suas primeiras monografias sobre o Direito da Família, das Sucessões e das Obrigações até o Direito das coisas, publicado aos 83 anos, derradeira mas não menos valiosa pérola de um precioso colar, atinge o seu momento culminante nos comentários límpidos e sucintos do Código Civil, exemplo admirável de sacrifício do supérfluo para que não houvesse sombras perturbando o pensamento essencial”. (Discurso de posse, em 21 de maio de 1975, na cadeira 14 da Academia Brasileira de Letras, a mesma ocupada por seu fundador, Clovis Bevilaqua)

Matérias Relacionadas