Notícias, Publicações Gerais por MB Advogados

Estudar no exterior é oportunidade para carreira jurídica

De acordo com um estudo do jornal britânico Financial Times, após três anos de formação, os egressos das 30 melhores universidades do mundo obtiveram 100% de aumento salarial. Dados como esse, aliados à crise econômica brasileira, tem levado milhares de alunos a estudar fora do país. Em 2017, dos 246,4 mil estudantes que deixaram o país para fazer cursos no exterior, 25,5% deles, ou 62.832, ingressaram em uma instituição de ensino superior — uma alta de 50% em relação a 2015, quando 41.800 foram buscar um canudo lá fora, segundo a Brazilian Educational & Travel Association (Belta), que reúne as agências de programas educacionais no exterior.

De acordo com Leonardo Trench, diretor executivo da gradeUP – empresa especializada na orientação e preparação de profissionais interessados em programas acadêmicos em prestigiadas universidades no exterior – esse esforço para obter formação profissional e acadêmica mais ampla está adequado a um mercado de trabalho globalizado. “Se antes o interesse era por cursos de idiomas, agora a viagem de estudos é pensada como investimento direcionado à formação profissional, atento às oportunidades no futuro”, conta Leonardo. E é fora do país que estão as melhores escolas para essa formação. De acordo com o ranking de MBAs da editora britânica Quacquarelli Symonds (QS), uma das classificações internacionais mais influentes do mundo, os 100 melhores cursos estão espalhados pelos Estados Unidos, pela Europa, pela Ásia e pela Oceania. Neles, o aluno tem contato com professores e pesquisadores que são autores de teorias e conceitos empregados no mercado. Alguns MBAs contam até com vencedores de Prêmio Nobel no quadro docente.

Na Europa, principalmente no Reino Unido, há diversas opções de cursos voltados para a área do Direito. Alguns deles inéditos no Brasil, o que permite iniciar, ou até dar um novo direcionamento, na carreira jurídica. “Cursar uma especialização em direito no exterior oferece aos alunos a chance de discutir temas importantes sob uma perspectiva comparada, fazer networking e ganhar experiência internacional”, afirma Leonardo. Esse é o caso de Renata Lucchini Paes da Silva, que faz mestrado na St. Mary’s, em Twickenham, em Bioethics and Medical Law. Com um trabalho no Brasil na área de saúde, ela viu o LLM como uma grande oportunidade de avançar no conhecimento.  “O mestrado caiu como uma luva e a experiência tem sido ótima. É excelente conhecer o direito no Reino Unido e comparar como é no Brasil. Ter a visão dos dois lados faz toda a diferença. Estou muito melhor e com mais conhecimento do que eu imaginava. Esse curso e a viagem são um grande presente para mim”, completa Renata.

Confira algumas universidades britânicas com cursos na área do direito:

  • Brunel University London: com cerca de 15 mil estudantes de mais de 100 países, a Universidade de Brunel fica situada em Uxbridge, oeste de Londres. O curso LLM em International and Intellectual Property Law está na lista dos mais procurados pelos brasileiros, segundo a gradeUP. 
  • Sheffield: Para quem deseja aprofundar o conhecimento em legislação e ampliar os temas oferecidos na graduação em Direito, o MA Law – que significa mestrado em legislação – é uma das opções interessantes de Sheffield. 
  • Westminster University: Os cursos de direito em destaque na Westminster são Corporate and Finance Law, Entertainement Law, Intrenational and Commercial Dispute Resolution, International Commercial Law. A universidade tem uma das melhores classificações no ranking de empregabilidade em comparação com outras faculdades de direito de Londres. 
  • UEA University of East Anglia: a UEA possui uma gama de áreas de estudo, incluindo Information Technology and Intellectual Property Law, International Commercial and Business Law, Media Law, Policy and Practice, International Commercial and Competition Law. Destaque para a Clínica Jurídica, onde os estudantes são envolvidos com o Serviço Jurídico da Comunidade de Norfolk, o Abrigo, o Apoio à Vítima, o Serviço de Testemunhas, a Cruz Vermelha e o Projeto Inocência. 
  • University of Bristol: A Universidade de Bristol está constantemente classificada como uma das 10 melhores da Europa. O curso de direito, em especial, está entre os mais populares ofertados pela instituição. Com duração de um ou dois anos, o mestrado atualmente oferece 10 LLMs especializados. Os alunos que cursam a pós-graduação podem se especializar nas áreas de interesse ou escolher um novo começo em uma área completamente diferente. O principal estilo de aprendizagem da universidade é por meio de palestras e seminários.
  • Queen Mary University of London: reconhecida pelos excelentes cursos na área de direito. São mais de 20 opções de LLM. A universidade, que ocupa o 11º lugar entre as universidades do Reino Unido na pesquisa atual realizada pelo The Guardian, tem um Centro de Pós-Graduação em Direito.

Matérias Relacionadas